sábado, 2 de novembro de 2013

Saiba mais sobre os benefícios do maracujá para o seu organismo

Com a proximidade do verão e a predominância do clima mais quente, uma fruta que cai muito bem nesta época do ano é o Maracujá. 

O que mais nos chama a atenção é o poder vitamínico desta fruta, que é recheada de nutrientes, tem forte ação antioxidante e poucas calorias. 

Quando chegou ao mercado, o maracujá ficou famoso por baixar as taxas de acúcar no sangue, uma boa notícia para quem tem diabetes. 

Segundo os nutricionistas, a fruta é rica em vitaminas do complexo B, cálcio, ferro, fósforo, sódio e potássio, além de possuir grande quantidade das vitaminas e C e muita fibra solúvel.

E não é só a polpa que merece atenção. Um estudo realizado pela UFRJ apontou que a casca do maracujá evita os picos de insulina, muito perigosos para os diabéticos, combate o mau colesterol e ainda ajuda a emagrecer.

Em suas sementes encontra-se um óleo com boa quantidade de ácidos graxos, muito apropriado para uso na cozinha ou até em cosméticos, graças à sua ação emoliente - que mantém a pele hidratada - e antioxidante.

Até as folhas do maracujazeiro são aproveitáveis, pois nelas fica a maior parte dos ativos por trás da ação tranquilizante.





A planta é tão rica em nutrientes, que foi criada uma associação de pesquisadores para desvendar os seus segredos. "Ela é composta de 27 instituições brasileiras de renome, como a Universidade de São Paulo e a Universidade de Brasília, além de duas internacionais", conta a pesquisadora Ana Maria Costa, da Embrapa Cerrados, que coordena a rede.

Entre as descobertas mais recentes da pesquisa, está a capacidade de combater o diabete, os problemas do coração, as enxaquecas, o estresse, a tensão pré-menstrual, os tremores e a obesidade, além de contribuírem para a regeneração celular.


Um calmante natural



O poder tranquilizador do maracujá se deve aos alcaloides e flavonoides, substâncias da fruta que agem no sistema nervoso central, atuando como tranquilizantes, analgésicos e relaxantes musculares. 


"Por isso ajudam a combater a ansiedade, a depressão e os distúrbios do sono", esclarece Paula Fernandes Castilho, especialista em fitoterapia.

"Mas não é indicado usar as folhas diretamente para fazer chá em casa, já que elas têm compostos tóxicos", alerta Ana Maria Costa.



Um bloqueador natural de gordura



A farinha feita com a casca do maracujá tem se revelado um excelente bloqueador de gordura. 

Ela impede que o organismo absorva parte desse nutriente, fazendo a pessoa emagrecer. 

A substância responsável pelo poder emagrecedor é a pectina, encontrada em grande quantidade na parte branca da casca da fruta. 

A farinha não fica atrás: tem 20% dessa fibra, segundo estudo feito pelo químico e pesquisador Armando Sabaa Srur, da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

“No estômago, a pectina se transforma numa espécie de gel não digerível, provocando sensação de saciedade”, explica a médica e nutróloga Daniela Hueb. 

Com isso, você se sente bem alimentada com uma porção menor de comida. A pectina também reduz a velocidade com que o açúcar entra no sangue – quanto mais lento esse processo, mais a fome demora para voltar a dar sinal.



Além disso, a farinha do maracujá promove uma verdadeira "faxina" no organismo, auxiliando a eliminação de toxinas, que, quando acumuladas, prejudicam o funcionamento dos órgãos, desequilibrando o metabolismo. 

Para facilitar a ação desintoxicante da pectina, é importante beber mais água, no mínimo 2 litros por dia.

A farinha de maracujá é fonte de várias vitaminas e minerais:

• Niacina (vitamina B3): atua na produção de hormônios, melhora a ansiedade, ajuda no crescimento das crianças e protege as paredes do estômago.

• Ferro: previne anemia e aumenta o pique.

• Cálcio: favorece a contração muscular, fortalece ossos e dentes.

• Fósforo: também deixa os ossos fortes, além de melhorar a memória, a oxigenação das células e a circulação.



Receita da Farinha da Casca do Maracujá

Ingredientes


  • 4 cascas de maracujá;
  • forno;
  • tabuleiro;
  • liquidificador.






Modo de preparo

Retire a parte branca da casca do maracujá e leve estas ao forno até que fiquem secas e quebradiças. Depois bata no liquidificador e guarde num recipiente bem fechado.

Adicione esta farinhas nas 3 principais refeições do dia e beneficie-se de suas propriedades medicinais.

É importante que, além de ingerir a farinha da casca do maracujá diariamente, ter uma alimentação adequada.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!