quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Resumos de Português - Discurso Direto e Indireto






RESUMOS DE PORTUGUÊS

Discurso Direto e Indireto



DISCURSO DIRETO = Os personagens falam.
- Desejo muito conhecer Carlota - disse-me Glória, a certo ponto da conversação. Por que não a trouxe consigo?

DISCURSO INDIRETO = O narrador interpreta a fala dos personagens.
"A certo ponto da conversação, Glória me disse que desejava muito conhecer Carlota e perguntou por que não a levei comigo."


            No discurso direto a fala dos personagens é acompanhada por um verbo de elocução (DIZER, FALAR, RESPONDER, INDAGAR, RETRUCAR etc.), seguido de dois-pontos.

            No discurso indireto temos a presença do verbo de elocução (núcleo do predicado da oração principal), seguido de oração subordinada (fala do personagem).

Dona Abigail sentou-se na cama, sobressaltada, acordou o marido e disse que havia sonhado que iria faltar feijão.







            O que devemos observar na passagem de um discurso direto para o indireto ou vice-versa é o TEMPO VERBAL, que, no discurso indireto, será sempre passado em relação ao discurso direto.
           
DISCURSO DIRETO
DISCURSO INDIRETO
- Não bebo dessa água – afirmou a menina.
 (presente do indicativo)
A menina afirmou que não bebia daquela água.
(pretérito imperfeito do indicativo)
- Perdi meu guarda-chuva – disse ele.
(pretérito perfeito)
Ele disse que tinha perdido seu guarda-chuva.
(pretérito + que perfeito composto)
- Irei ao jogo.
(futuro)
Ele confessou que iria ao jogo.
(futuro do pretérito)
- Aplaudam! – ordenou o diretor.
(imperativo)
O diretor ordenou que aplaudíssemos.
(pretérito imperfeito do subjuntivo)


OBSERVAÇÕES
Discurso direto enunciado 1ª ou 2ª pessoa.
"-Devia bastar, disse ela; eu não me atrevo a pedir mais." (M. de Assis)
Discurso indireto: enunciado em 3ª pessoa:
"Ela disse que deveria bastar, que ela não se atrevia a pedir mais"


Discurso direto: verbo enunciado no presente:
"- O major é um filósofo, disse ele com malícia." (Lima Barreto)
Discurso indireto: verbo enunciado no imperfeito:
"Disse ele com malícia que o major era um filósofo."

Discurso direto: verbo enunciado no pretérito perfeito:
"- Caubi voltou, disse o guerreiro Tabajara."(José de Alencar)
Discurso indireto: verbo enunciado no pretérito mais-que-perfeito:
"O guerreiro Tabajara disse que Caubi tinha voltado."


Discurso direto: verbo enunciado no futuro do presente:
"- Virão buscar V muito cedo? - perguntei."(A.F. Schmidt)
Discurso indireto: verbo enunciado no futuro do pretérito:
"Perguntei se viriam buscar V. muito cedo"


Discurso direto: verbo no modo imperativo:
"- Segue a dança! , gritaram em volta. (A. Azevedo)
Discurso indireto: verbo no modo subjuntivo:
"Gritaram em volta que seguisse a dança."


Discurso direto: enunciado justaposto:
"O dia vai ficar triste, disse Caubi."
Discurso indireto: enunciado subordinado, geralmente introduzido pela integrante que:
"Disse Caubi que o dia ia ficar triste."


Discurso direto:: enunciado em forma interrogativa direta:
"Pergunto - É verdade que a Aldinha do Juca está uma moça encantadora?" (Guimarães Rosa)
Discurso indireto: enunciado em forma interrogativa indireta:
"Pergunto se é verdade que a Aldinha do Juca está uma moça encantadora."


Discurso direto: pronome demonstrativo de 1ª pessoa (este, esta, isto) ou de 2ª pessoa (esse, essa, isso).
"Isto vai depressa, disse Lopo Alves."(Machado de Assis)
Discurso indireto: pronome demonstrativo de 3ª pessoa (aquele, aquela, aquilo).
"Lopo Alves disse que aquilo ia depressa."


Discurso direto: advérbio de lugar aqui:
"E depois de torcer nas mãos a bolsa, meteu-a de novo na gaveta, concluindo:
- Aqui, não está o que procuro."(Afonso Arinos)
Discurso indireto: advérbio de lugar ali:
"E depois de torcer nas mãos a bolsa, meteu-a de novo na gaveta, concluindo que ali não estava o que procurava."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!