terça-feira, 27 de setembro de 2011

Saúde do Corpo - Efeitos da Idade




Todos nós sabemos que a idade traz mudanças em nosso corpo. Algumas dessas mudanças são óbvias, outras, por sua vez, são mais sutis. Muitas pessoas envelhecem confortavelmente e permanecem ativas, alertas e mesmo vibrantes na terceira idade. Para estas pessoas a idade fisiológica pode ser mais jovem do que a idade cronológica. Outras pessoas, no entanto, experimentam os efeitos da osteoporose e osteoartrite, o que, gradualmente vai limitar as suas habilidades no desempenho pleno das suas atividades.

Saber o que esperar e tomar medidas para contrabalançar os efeitos da idade, pode ajudá-lo a manter o espírito jovem e uma vida independente.
  • Uma dieta saudável
  • exercícios regulares
  • uma atitude positiva frente à vida pode ajudar a atrasar a instalação e a progressão de muitas mudanças provocadas pela idade.





Quais as principais mudanças que ocorrem com a idade?  

Envelhecimento dos músculos
  • Com o envelhecimento, os músculos encolhem e perdem massa. Este é um processo natural, porém um estilo de vida sedentário pode acelerá-lo.
  • O número e o tamanho das fibras musculares também diminuem. Por isso, demora mais para a musculatura responder quando estamos na casa dos cinqüenta do que na casa dos vinte.
  • O conteúdo de água nos tendões, aqueles cordões que prendem o músculo no osso, diminui com a idade. Isto torna o tecido mais rígido e menos capaz de tolerar esforço.
  • A força de apreensão das mãos diminui, o que dificulta a realização de atos rotineiros como virar a chave da porta ou servir bebida de uma garrafa.
  • O músculo cardíaco torna-se menos efetivo para ejetar grandes quantidades de sangue para todo o organismo. A pessoa cansa mais rapidamente e leva mais tempo para se recuperar de pequenos esforços.
  • A velocidade com que o organismo converte alimento em energia (taxa metabólica) é reduzida. Isso pode levar a um acúmulo de gordura e a um aumento do colesterol "ruim".

Envelhecimento dos ossos

Durante a vida, os ossos passam constantemente por um processo de absorção e formação chamado de remodelagem. Com o decorrer do tempo, o balanço entre a absorção e formação do osso muda, resultando numa diminuição do tecido ósseo.
O conteúdo mineral dos ossos diminui, tornando os ossos menos densos e mais frágeis.
Os ossos perdem massa, a osteoporose  desenvolve-se afetando tanto mulheres quanto homens. Na coluna, a osteoporose pode levar à fratura das vértebras por simples pressão. Muitas fraturas que ocorrem em pessoas idosas são secundárias à osteoporose.
Com a idade, a cartilagem, que é o tecido que protege os ossos evitando o atrito entre eles, diminui o seu conteúdo de água tornando-a mais suscetível ao esforço. Com a degeneração da cartilagem, é possível haver o desenvolvimento da artrite.
Os ligamentos, que são formados pelo tecido conjuntivo entre os ossos, tornam-se menos elásticos, o que reduz a flexibilidade.



Envelhecimento das articulações (juntas)

A mobilidade das juntas torna-se mais restrita e a flexibilidade diminui com a idade devido à mudanças nos tendões e ligamentos.
A degeneração da cartilagem, em decorrência do uso durante toda a vida, leva à inflamação das juntas e à artrite.

Prevenindo e combatendo os efeitos do envelhecimento

Muitas das mudanças no sistema músculo-esquelético resultam mais pelo desuso do que pelo simples envelhecimento. Estatísticas de países desenvolvidos indicam que menos de 10% da população pratica exercícios regularmente e, desse grupo sedentário, grande parte está acima dos cinqüenta anos.
Alongamento é um excelente meio de ajudar a manter as juntas flexíveis. Exercícios com peso podem aumentar a massa e força muscular, habilitando as pessoas a manter suas atividades rotineiras sem maiores limitações. Mesmo atividades físicas moderadas podem reduzir o seu risco de desenvolver pressão alta, doença cardíaca e alguns tipos de câncer.
A manutenção de um programa de exercícios regulares pode desacelerar a perda de massa muscular e prevenir o aumento da gordura corporal associado à idade. O exercício ajuda também a manter a agilidade do corpo, assim como melhora a eficiência de distribuição e utilização do oxigênio pelo organismo. Somente 30 minutos de atividade moderada, incorporada à rotina do seu dia-a-dia, trazem muitos benefícios à sua saúde.
Um programa de exercícios não precisa ser extenuante para ser efetivo. Caminhar, nadar e andar de bicicleta são atividades recomendadas para manter a forma na terceira idade. Os 30 minutos de atividade diária não precisam ser contínuos; você pode despender 15 minutos trabalhando no jardim pela manhã e caminhar 15 minutos à tarde, por exemplo.

Atenção!

Caso você não pratique nenhuma atividade física e quer começar, não deixe de consultar seu médico para orientá-lo.
Equipe Corpo Saudável


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!