segunda-feira, 6 de junho de 2011

Rótulo: uma alternativa para escolhas mais saudáveis





Na correria do nosso dia-a-dia, quase não temos tempo para verificar o rótulo das embalagens numa compra de supermercado, por exemplo. Contudo, esta é uma atitude indispensável para uma alimentação mais saudável, que trará enormes benefícios para o nosso organismo.

Dentre as informações presentes no rótulo, temos o nome do produto, peso, características nutricionais e data de validade. Geralmente, só atentamos para o último item, deixando de lado o anterior, que é o principal orientador para uma alimentação saudável. Através das informações do rótulo podemos também fazer comparações entre produtos, marcas, e escolher aquele que trará mais benefícios ao nosso organismo.

Segundo a nutricionista Gisele A. de Souza Resende, um ponto importante a se observar é a quantidade da porção. Os números expostos no rótulo se referem à uma porção menor do que a quantidade total contida na embalagem. Ela exemplifica o rótulo de um pacote de amendoins, onde está escrito 91 calorias, se referindo a 15 gramas, sendo que a quantidade total do pacote são 155 gramas. Hoje, algumas embalagens trazem a descrição da porção em medidas caseiras, o que facilita para o consumidor.

Outro ponto de importância, segundo a nutricionista,  são as gorduras totais, em especial a gordura saturada. Ela é responsável pelo aumento de colesterol ruim e triglicerídeo, além da obesidade abdominal. A quantidade ideal diária não deve ultrapassar os sete por cento. 
Importante! Muitos alimentos diet carregam neste item para obter o gosto perdido com a diminuição de calorias. Um chocolate diet de 25g pode conter quase 10g de gordura, mais do que o chocolate comum, que possui em média, 7g de gordura.

Sódio


É importante também verificar no rótulo a quantidade de sódio. Um dos grandes vilões neste aspecto é o sal de cozinha. Os produtos industrializados também são os grandes responsáveis pelo consumo excessivo de sódio. Segundo o Ministério da Saúde, devemos evitar os produtos que apresentem teor de sódio igual ou superior a 480mg por porção. 
Temperos prontos, caldos concentrados, picles, mostarda, ketchup, molhos de salada e molhos de churrasco devem ser evitados ao máximo, pois são todos ricos em sódio.

Outra dica importante é sobre a listagem dos ingredientes no rótulo. Eles estão em ordem de quantidade. Deve-se verificar determinados itens, pois algumas doenças restringem a ingestão de determinados componentes.

Para saber mais sobre este assunto, clique aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!