terça-feira, 7 de junho de 2011

Microsoft afirma que novo Windows não exigirá a compra de um novo PC




Tendo aprendido a duras penas a lição com o Windows Vista, a Microsoft garantiu nesta quinta-feira que a próxima versão do sistema operacional Windows, por enquanto conhecida como Windows 8, não irá exigir dos usuários a compra de um novo PC.

Ampliamos a tendência iniciada com o Windows 7 de manter os requisitos de sistema os mesmos ou reduzí-los. O Windows 8 será capaz de rodar em uma ampla gama de máquinas porque terá os mesmos requisitos de sistema (que o Windows 7) ou menores”, disse Michael Angiulo, executivo da Microsoft que demonstrou o novo software durante um evento para a imprensa em Taipei na quinta-feira.

Outra coisa que fizemos foi dar ao Windows 8 a inteligência necessária para adaptar a interface de acordo com o hardware que você tem. Então quer você esteja atualizando uma máquina ou comprando um novo PC, o Windows irá se adaptar ao seu hardware”, disse ele.

O novo sistema foi projetado pensando no toque, então pessoas com PCs sem telas sensíveis ao toque não terão todos os benefícios desta tecnologia. Ele também foi projetado para tirar proveito de uma variedade de sensores para detectar movimento e proximidade, e estes sensores não estão presentes nos PCs atuais.

Mas Angiulo disse que a nova interface, com grandes ícones coloridos (Tiles) e muito similar à do Windows Phone 7, ainda pode ser utilizada sem problemas com um mouse e teclado. As teclas Page Up e Page Down são usadas para se mover através das “Tiles” na tela. Um clique do mouse abre os aplicativos, e a tecla Windows leva os usuários de volta ao desktop.

Para provar suas afirmações ele demonstrou o Windows 8 rodando em um punhado de máquinas que já estão no mercado, como notebooks Samsung Série 9 e um Sony VAIO série L.

“Quando você está redesenhando um sistema que um bilhão de pessoas ao redor do mundo usam, isso é uma grande responsabilidade”, disse Angiulo. “O Windows 8 é para centenas de milhões de computadores com tamanhos de telas diferentes, sensíveis ao toque ou não. O Windows 8 é uma atualização para um ecossistema inteiro de PCs”.

É uma mensagem importante que a Microsoft tem que espalhar. Se as pessoas acreditarem que precisarão de um novo PC para rodar o Windows 8, isto poderá retardar a adoção do sistema operacional e prejudicar os negócios da Microsoft.

Ainda assim, há recursos no Windows 8 que não irão funcionar em hardware já existente, e a Microsoft está sendo mais específica do que de costume sobre como os fabricantes de hardware devem projetar seus PCs para rodar o novo sistema operacional.

A tela ideal tem uma proporção de 16:9 (widescreen) e resolução mínima de 1366 x 768 pixels, disse Angiulo. Uma tela de 1024 x 768 pixels também será capaz de mostrar a nova interface, segundo o executivo, mas uma tela com resolução menor, como as de 1024 x 600 pixels usadas em netbooks, ficará limitada ao desktop tradicional, como no Windows 7.

A Microsoft aprendeu a lição sobre requisitos de sistema com o Windows Vista. Muitos PCs em uso na época não eram capazes de rodar o sistema adequadamente, e como consequência os usuários começaram a relatar experiências ruins com o software e ele se tornou o sistema mais impopular na história da Microsoft. A empresa quer ter certeza de que isso não acontecerá novamente.



Fonte: Folha Gospel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!