segunda-feira, 20 de junho de 2011

Algumas dicas de alimentação para o inverno




No inverno, o gasto energético é maior e o organismo se esforça mais para manter a temperatura corporal. A temperatura cai e é comum os pratos se tornarem mais calóricos. Apesar da fome aumentar nesse período, é bom não abusar. 


Segundo os especialistas, os excessos na alimentação no inverno podem causar hipertensão, obesidade e aumentar as chances de problemas cardiovasculares. Deve-se fazer uma reavaliação do cardápio alimentar nessa época do ano. 


Seguem abaixo algumas dicas para enganar a fome ou deixar os pratos menos calóricos:

Fondue: use leite desnatado e queijos magros e substitua o pão por legumes; 
Chocolate quente: use leite desnatado e achocolatado diet; 
Queijos: prefira os brancos e lights; 
Chás: ótimas opções para aumentar a temperatura do corpo; 
Sopas
: dê preferência àquelas preparadas com legumes batidos, para engrossá-la adicione farelo de trigo. 

Frutas
No inverno, as pessoas tendem a consumir menos as frutas. Ocorre que não é apenas no verão que elas devem ser aproveitadas; é fundamental tê-las à mesa todos os dias do ano.
Uma dica para aproveitar a nutrição das frutas típicas do inverno é na salada de frutas
Dentre as frutas mais indicadas nesta época, podemos destacar: 
MORANGO - Possui betacaroteno, vitaminas A, B, C, 
magnésio, fósforo, ferro, potássio, sódio. Muito indicado 
no tratamento da anemia.
FIGO - É laxante e vermífugo; contra cálculos renais e 
biliares, úlceras, câncer; bom contra infecções da boca 
e bronquite; não convém aos diabéticos.
ABACAXI - Possui Betacaroteno, vitaminas A, B, C, 
potássio, magnésio, fósforo, cálcio, ferro. Refrescante, ajuda a evitar a desidratação. Rico em fibras está indicado no tratamento da prisão de ventre e das vias urinárias.
MEXERICA CRAVO E PONCÃ (TANGERINA) - Rica fonte de cálcio, fósforo, ferro, sódio, magnésio e enxofre e das vitaminas A, complexo B e C. Suas propriedades funcionam bem como laxativo, antiartritíca e antigotosa.
  UVA - É rica em carboidratos, mas 
  também apresenta pequenas 
  quantidades de vitaminas do 
  complexo B e vitamina C. Fornece 
  boas doses de minerais como 
  potássio, cálcio, fósforo, magnésio, 
  cobre e iodo. Ajuda a ativar os rins, 
  é um suave laxante e atua contra 
  várias enfermidades do intestino, 
  fígado e abdômen, além de 
  estimular as funções cardíacas. A 
  uva também é um rico depósito de 
 compostos  antioxidantes e 
anticancerígenos.

MAMÃO - Possui betacaroteno, vitaminas A, B, C, cálcio, magnésio, fósforo, potássio. De fácil digestão, auxilia a decomposição das proteínas e, por isso, normalmente é uma das primeiras frutas oferecidas ao bebê.
PÊRA - Fonte das vitaminas A, B, C, E, proteínas, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, ferro, carboidratos, fibras. Suculenta, agrada ao paladar infantil, funcionando como reguladora intestinal.
MAÇÃ GALA - Possui betacaroteno, vitaminas A, B, C, proteínas, sódio, enxofre, ferro, silício, cálcio, magnésio, fósforo, potássio, cloro. Cheia de fibras, atua no bom funcionamento do intestino.

Fonte: Brasil Escola/Blig

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!