terça-feira, 31 de maio de 2011

Como resgatar arquivos de uma mídia infectada





Você tem um pendrive, CD ou DVD que sabe que está infectado com vírus, mas também tem arquivos importantes lá dentro que precisa recuperar. Como fazer isso sem contaminar o PC? O procedimento é arriscado, mas não muito: basta ser cauteloso.

A solução mais simples é inserir o disco ou pendrive em um PC com Linux ou em um Mac e copiar os arquivos dos quais você precisa para uma mídia “limpa” (como ou outro pendrive). A maioria absoluta do malware é específica a um sistema operacional, então um vírus para Windows não irá causar danos a um sistema com MacOS ou Linux.0



Mas se você pretende usar um PC, atualize seu anti-vírus antes e instale alguns utilitários extras contra malware, como o Malwarebytes Anti-Malware e o SUPERAntiSpyware, ambos com versões gratuitas. Depois de instalar, atualize eles também.

Você não quer que o Windows inicie automaticamente um programa malicioso assim que você inserir o disco ou pendrive no PC, então é necessário desabilitar um recurso do Windows chamado Autorun ou Autoplay (Reprodução Automática). Você sempre pode habilitá-lo novamente mais tarde, se quiser, embora os especialistas em segurança não recomendem isso.

Se você está usando o Windows XP, precisará de um utilitário gratuito criado pela própria Microsoft, chamado TweakUI, para fazer a alteração. Depois de instalar e abrir o programa, clique em My Computer / Autoplay / Types no painel esquerdo. Desmarque as opções Enable Autoplay for removable drives e Enable Autoplay for CD and DVD drives.

Se você usa o Windows 7 e o Windows Vista, o processo é mais fácil. Clique no menu Iniciar, digite “reprodução” na caixa de pesquisa e tecle Enter. Desmarque a opção “Usar Reprodução Automática em todas as mídias e dispositivos”.

Agora você pode inserir com segurança a mídia infectada em seu computador. Mas não abra nem copie nenhum arquivo ainda. Primeiro, faça uma varredura na mídia com todos os programas anti-vírus e anti-malware que você tiver. Você precisa determinar se os arquivos dos quais você precisa estão infectados, e caso estejam, se podem ser limpos.

Depois que você tiver certeza de que os arquivos que você quer são seguros, aí sim você poderá copiá-los para seu HD.

Mas o que fazer com a mídia depois disso? Você não quer que alguém a insira por descuido em um PC e o infecte, certo? Se for um CD ou DVD, o jeito é descartá-lo. Esfregue o lado prateado com palha de aço ou uma lixa fina (para inutilizá-lo) ou corte-o em pedaços usando uma tesoura grande ou picotadora de papel adaptada para triturar discos. Não tente quebrar o disco com as mãos, pois você corre o risco de se cortar nas lascas de plástico afiadas.

Já os pendrives podem ser reaproveitados. Há vários programas que podem fazer uma “limpeza”, recomendamos o Eraser, que é gratuito. Ele oferece várias formas de apagar os dados no pendrive, várias delas bastante demoradas. Recomendo qualquer uma das opções marcadas como “(1 pass)”, como a “Pseudorandom Data”. Você não precisará de nada além disso.



Fonte: Folha Gospel

Um comentário:

  1. No caso do Pendrive também pode-se apenas Formatá-lo, depois de ter salvo seus arquivos claro.

    ResponderExcluir

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!