quinta-feira, 24 de março de 2011

Apple retira programa cristão de ajuda a gays




Com a pressão feita por grupos gays e parte da mídia, a Apple cedeu aos protestos e decidiu retirar do ar o programa do grupo cristão Exodus Internacional que era voltado para ajuda, terapia e até cura do homossexualismo, segundo os criadores.
O programa foi retirado do ar pela empresa na manhã desta quarta, 23 de março, e foi comemorado pelos que  aderiram ao protesto. Foram quase 150 mil assinaturas colhidas em todo o mundo até esta manhã.
Mas a decisão não agradou a todos. O paranaense Paulo Roberto, sem religião, criticou os protestos “Se fazem programas anti cristãos e alguém age contra chamam isso de ‘ferir os direitos de expressão’, mas levante uma vírgula contra o homossexualismo e você pode até ir para cadeia!” e completou: “Isso é uma palhaçada que tem se espalhado pelo mundo!”
O aplicativo foi aprovado pela Apple e disponibilizado para download gratuito para iPhone e iPad no dia 24 de Fevereiro, desde então vem recebendo críticas e ataques. A empresa de Steve Jobs havia aprovado o aplicativo sob a licença 4+, destinada a programas para celular que “não tem nenhum conteúdo censurável”.
A Exodus Internacional ainda não comentou sobre a censura, mas nesta semana respondeu as críticas e protestos.
Fonte:Gospel +


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se você gostou deste artigo poste um comentário!

Observações:
1º) Somente usuários com conta no Google poderão publicar seus comentários aqui no Blog do SM@rtiN.
2º) Todos os comentários serão avaliados pelo administrador do blog para posterior publicação.
3º) Os textos com conteúdo impróprio, ofensas e palavrões serão automaticamente excluídos. Se houver reincidência, o acesso do usuário ao blog será bloqueado.

Obrigado!